Dilma assina MP ampliando participação de estrangeiros em companhias aéreas para 49%, diz fonte

BRASÍLIA (Reuters) - A presidente Dilma Rousseff assinou nesta terça-feira uma medida provisória ampliando de 20 para 49 por cento o limite de participação estrangeira no capital das companhias aéreas brasileiras, disse uma fonte do Palácio do Planalto.

A medida visa ampliar a capacidade de investimento das empresas, num momento em que o governo quer garantir o aumento da oferta dos serviços no setor aéreo.

A presidente também assinou medida provisória reduzindo a alíquota do Imposto de Renda sobre a remessa de recursos ao exterior e destinadas ao pagamento de turismo de 25 para 6 por cento.

Segunda a fonte, a tributação estava prejudicando, por exemplo, os brasileiros que estudam no exterior.

(Por Lisandra Paraguassu)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos