Preços ao produtor na zona do euro caem mais que o esperado por energia

BRUXELAS (Reuters) - Os preços ao produtor da zona do euro caíram mais do que o esperado em janeiro devido à forte queda dos preços da energia, mostraram dados da agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat, nesta quarta-feira.

A Eurostat informou que os preços nos portões das fábricas nos 19 países que usam o euro caíram 1 por cento na comparação mensal, com um declínio na base anual de 2,9 por cento.

Esta foi a maior queda mensal desde dezembro de 2014. Economistas consultados pela Reuters esperavam uma queda mensal de 0,7 por cento e anual de 2,9 por cento.

Excluindo os voláteis preços de energia, que despencaram 3,2 por cento em janeiro sobre o mês anterior e 8,6 por cento em relação ao ano anterior, os preços ao produtor ficaram estáveis em janeiro em comparação a dezembro.

(Reportagem por Jan Strupczewski)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos