Ministro do Trabalho se diz "perplexo e indignado" com condução coercitiva contra Lula

SÃO PAULO (Reuters) - O ministro do Trabalho e Previdência Social, Miguel Rossetto, afirmou estar "perplexo e indignado" com o mandado de condução coercitiva contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no âmbito da operação Lava Jato, nesta sexta-feira.

"O presidente Lula já prestou depoimento e sempre se colocou à disposição das autoridades. Isso não é justiça, isso é uma violência", disse Rossetto em nota, destacando que a ação é ainda um claro ataque ao que Lula representa, como uma liderança política e social.  

(Por Camila Moreira)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos