Vendas de soja do Brasil atingem 55% da safra até fevereiro, diz AgRural

SÃO PAULO (Reuters) - A comercialização de soja do Brasil avançou para 55 por cento da safra do país esperada na temporada 2015/16, até o final de fevereiro, alta de cinco pontos percentuais ante o total comercializado até janeiro, informou nesta sexta-feira a consultoria AgRural.

Segundo a consultoria, o dólar próximo de 4 reais em alguns momentos de fevereiro animou parte dos produtores a vender soja 2015/16 no mercado disponível, já com a colheita em andamento.

O movimento foi suficiente para fazer a comercialização brasileira avançar "apenas" cinco pontos no mês, avaliou a consultoria.

"Mesmo assim, o ritmo forte das vendas antecipadas ainda garante vantagem sobre os 40 por cento de um ano atrás, quando se comercializava a safra 2014/15", acrescentou.

Entretanto, na primeira semana de março, a forte queda do dólar diante do real teve impacto significativo nos preços e deixou o mercado brasileiro da soja ainda mais travado, disse a AgRural.

Em algumas praças, os preços da saca de 60 kg chegou a recuar 4 reais (-6 por cento) em relação à sexta-feira passada.

O dólar fechou em queda nesta sexta-feira, marcando a maior baixa semanal em mais de sete anos, com a nova fase da operação Lava Jato atingindo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

À ESPERA DE RECUPERAÇÃO

No Centro-Oeste, 64 por cento da safra estava comprometida para vendas até o final de fevereiro, contra 58 por cento há um mês e 49 por cento há um ano.

"Após negociar bons volumes em reais, boa parte dos produtores continua esperando pela recuperação dos preços em dólar. Por isso, os negócios que saem são apenas para fazer caixa", disse a AgRural.

Em Sorriso (MT), lotes com entrega CIF rodaram por 65 reais/saca, mas o preço médio ficou em 59,75 reais.

No Sul, a comercialização avançou apenas três pontos, chegando a 39 por cento, contra 22 por cento há um ano. "Depois de vender parte da safra para entrega futura, agora os produtores pretendem voltar a negociar somente com a mercadoria em mãos", avaliou a consultoria.

De acordo com analistas da Agrural, com chuva em boa parte do centro-sul do país, a colheita da safra 2015/16 de soja perdeu um pouco do ritmo nesta semana, que termina com avanço de oito pontos e 41 por cento da área brasileira colhida, em linha com o mesmo período do ano passado e ligeiramente à frente dos 39 por cento da média de cinco anos.

(Por Roberto Samora)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos