Taliban diz que não participará de conversas de paz no Afeganistão

CABUL (Reuters) - O Taliban disse neste sábado que não irá participar das negociações de paz mediadas por um grupo que inclui representantes do Afeganistão, Paquistão, China e Estados Unidos.

Expulso do poder em uma intervenção militar liderada pelos Estados Unidos em 2001, o Taliban tem travado uma violenta insurgência para derrubar o governo afegão apoiado pelo Ocidente e reestabelecer um regime islâmico fundamentalista.

Após uma reunião do chamado Grupo de Coordenação Quadrilateral, formado por representantes de quatro países em Cabul no mês passado, autoridades disseram ter a expectativa de iniciar em março as negociações diretas de paz entre o governo afegão e o Taliban.

Mas o Taliban, que proclama a si mesmo como o Emirado Islâmico do Afeganistão, negou publicamente que iria participar de quaisquer conversas em Islamabad.

(Reportagem de Josh Smith e Mushtaq Yusufzai)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos