CEO da Telecom Italia diz que nunca foi instado a vender unidade no Brasil

MILÃO (Reuters) - O presidente-executivo da Telecom Italia, Marco Patuano, disse que nunca foi instado a vender o negócio brasileiro da empresa, após relatos de que o principal acionista Vivendi estava pressionando por isso.

Patuano participou de uma reunião de estratégia em Paris com executivos da Vivendi na semana passada, alimentando especulações de mercado de que o grupo francês liderado pelo magnata dos negócios Vincent Bolloré poderia obrigar tal movimento com ou sem o atual CEO.

Relatos da mídia disseram a Vivendi estava ficando impaciente com Patuano e teria sondando possíveis substitutos.

Fontes disseram à Reuters que o pomo de discórdia estaria relacionado com a intenção da Vivendi de vender a unidade brasileira da Telecom Italia, a TIM Participações.

(Reportagem de Silvia Aloisi)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos