Desfile da Chanel mostra botas de estilo militar para um mundo "não tão doce"

Por Astrid Wendlandt

PARIS (Reuters) - O veterano estilista Karl Lagerfeld, da Chanel, mandou suas modelos para a passarela nesta terça-feira prontas para um mundo "não tão doce" usando botas de couro preto de estilo militar e chapéus coco duros e achatados.

Os saltos altos desapareceram, e as modelos caminhavam por cerca de 600 metros entre fileiras de cadeiras douradas ao som de música techno.

    "As mulheres precisam estar prontas para se defender... em um mundo que não é assim tão doce", disse Lagerfeld, de 82 anos, à Reuters após o desfile.

    "Não é o chapéu burguês de coquetel, o chapéu de dama, este é outro tipo de chapéu, eu não diria agressivo, mas mais protetor", explicou.

    Sua coleção incluiu dezenas de ternos axadrezados, uma marca registrada da grife, em todas as formas e cores e ornados de fileiras múltiplas de pérolas, alguns misturando sarja, couro e franjas. As modelos também desfilaram luvas longas de couro preto com zíper na parte de trás.

    Desta vez, Lagerfeld, que é diretor artístico da Chanel desde 1983, garantiu que todos tivessem um lugar na primeira fileira – entre os convidados estavam Pharrell Williams e Willow Smith.

    "Todos sonham em estar na primeira fileira, e hoje todos ficaram na primeira fileira e puderam ver os detalhes... então ninguém pôde se queixar", disse o designer.

Três modelos masculinos encerraram o desfile, afirmou Lagerfeld, porque a grife tem "muitos seguidores" entre os homens em países como Japão, Coreia do Sul e China.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos