EUA vão anunciar em 17 de março novos alívios a restrições em Cuba, dizem fontes

Por Patricia Zengerle

WASHINGTON (Reuters) - O governo do presidente norte-americano, Barack Obama, irá anunciar em 17 de março novas medidas de alívio a restrições comerciais e de viagens em Cuba, antes da histórica viagem neste mês do líder à ilha de regime comunista, disseram fontes do Congresso dos Estados Unidos nesta terça-feira.

Detalhes ainda estavam sendo trabalhados, mas as medidas provavelmente irão incluir mudanças para facilitar que norte-americanos visitem Cuba caso se classifiquem sob 12 categorias autorizadas de viagem, como visitas culturais ou educacionais, assim como o alívio de regras comerciais e bancárias, disseram as fontes, que foram informadas sobre a questão por autoridades do governo.

A Casa Branca informou em 18 de fevereiro que Obama irá visitar Havana em 21 e 22 de março, em outro passo em direção ao fim de décadas de rivalidade entre as nações. Será a primeira visita de um presidente norte-americano em exercício a Cuba desde 1928.

A Casa Branca convidou membros do Congresso para acompanhar o presidente, e assessores parlamentares disseram à Reuters que cerca de 20, a maioria de democratas, devem viajar com Obama.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos