Foguetes da Síria matam duas pessoas em cidade do sul da Turquia

DIYARBAKIR, Turquia (Reuters) - Uma criança de pouca idade e outra pessoa foram mortas nesta terça-feira quando foguetes atingiram Kilis, cidade turca próxima da fronteira com a Síria, disseram o prefeito da localidade e fontes de segurança, um ataque que Ancara atribuiu a militantes do Estado Islâmico.

Kilis, próxima da divisa sul da Turquia com a Síria, foi alvo de uma sequência de oito foguetes, e um caiu perto de um hospital, contou o prefeito, Hasan Kara.

    As fontes de segurança turcas afirmaram que outras duas pessoas ficaram feridas.

    "O primeiro foguete caiu em um campo vazio. Depois, quando as pessoas começaram a se juntar, começaram a disparar perto destas áreas", disse Kara. "Eles (os foguetes) estão sendo lançados intencionalmente".

    Uma área residencial próxima de uma escola de ensino médio também foi alvejada, e os militares da Turquia responderam aos disparos vindos da Síria, segundo as fontes de segurança.

    O primeiro-ministro turco, Ahmet Davutoglu, disse em uma coletiva de imprensa que combatentes do Estado Islâmico foram responsáveis pelo ataque, que mostrou quão "frágil" é o cessar-fogo sírio, afirmou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos