França abre investigação contra Volkswagen sobre escândalo de emissões

PARIS (Reuters) - A França abriu uma investigação formal sobre suspeita de "fraude agravada" contra a Volkswagen por conta das revelações de testes de emissões de veículos a diesel fraudados pela montadora alemã, disse o escritório da promotoria de Paris nesta terça-feira.

O promotor já havia aberto um inquérito preliminar em outubro e a polícia francesa conduziu buscas nos escritórios da montadora alemã na França.

A Volkswagen disse que 946.092 veículos na França foram equipados com os motores EA 189, potencialmente afetados pela manipulação de dados de emissões feita pela companhia mundialmente.

A investigação diz respeito a veículos vendidos na França, de acordo com o escritório da promotoria.

(Por Gerard Bon)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos