Palestino mata turista dos EUA em ataque a faca em calçadão de Tel Aviv

TEL AVIV (Reuters) - Uma turista norte-americana foi morta esfaqueada e pelo menos nove outras pessoas ficaram feridas por um palestino armado com uma faca num popular calçadão de Tel Aviv nesta terça-feira, disseram autoridades, enquanto o vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, estava numa reunião a poucos quilômetros do lugar.

O ataque ocorreu na popular área portuária de Jaffa, um lugar muito frequentado por turistas. O serviço de ambulância do Magen David Adom disse que quatro pessoas tinham ferimentos graves.

"Um terrorista, um morador ilegal que veio de algum lugar dos territórios palestinos, veio aqui em Jaffa e iniciou uma corrida pelo calçadão. No caminho, ele esfaqueou de forma indiscriminada as pessoas”, afirmou o prefeito de Tel Aviv, Ron Huldai, à rádio do Exército.

Ele disse que a polícia alcançou o agressor e o matou a tiros.

Biden chegou a Israel nesta terça-feira para uma visita de dois dias e se encontrava com o presidente israelense, Shimon Peres, em Jaffa por volta do horário do ataque.

Nesta terça, houve três outros ataques por palestinos. Desde outubro, ataques palestinos a faca, a tiros e por atropelamento mataram 28 israelenses e dois norte-americanos. As forças de Israel mataram pelo menos 177 palestinos, 119 dos quais os israelenses afirmaram que eram agressores. A maior parte dos outros foram mortos a tiros durante protestos violentos.

(Reportagem de Rami Amichay)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos