Tráfego aéreo global de passageiros sobe 7,1% em janeiro, diz Iata

FRANKFURT (Reuters) - A queda nos preços do petróleo ajudou a impulsionar a demanda global por viagens aéreas em janeiro, apontando um ano forte para o tráfego de passageiros, disse a Associação Internacional de Transportes Aéreos (Iata, na sigla em inglês) nesta terça-feira.

A demanda por tráfego aéreo, medida pela receita de passageiros por quilômetros, subiu 7,1 por cento em janeiro, com a taxa de ocupação avançando 1,1 por cento, segundo os dados mensais de tráfego da Iata divulgados nesta terça-feira.

"Janeiro manteve a tendência de crescimento forte de tráfego vista em 2015, o que mostra a resiliência da demanda por conectividade apesar da recente turbulência nos mercados acionários", disse Tony Tyler, diretor-geral e presidente-executivo da Iata.

A taxa de ocupação recorde é resultado da demanda forte, do uso mais produtivo dos assentos pelas aéreas e do recente declínio dos preços do petróleo, disse Tyler.

"As condições básicas apontam outro ano forte para o tráfego de passageiros, com a recente queda do preço do petróleo provavelmente dando estímulo adicional para o crescimento de viagens aéreas", disse.

(Por Edward Taylor)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos