Irã testa mísseis "capazes de atingir Israel"

Por Sam Wilkin e Bozorgmehr Sharafedin

DUBAI (Reuters) - A Guarda Revolucionária Iraniana lançou dois mísseis balísticos em um teste na manhã desta quarta-feira, que, segundo a organização, foram projetados para conseguir atingir Israel, desafiando uma ameaça de novas sanções dos Estados Unidos.

Os lançamentos foram feitos após o teste de diversos mísseis na terça-feira como parte de um grande exercício militar que a Guarda Revolucionária diz ter o propósito de "mostrar o poder de dissuasão do Irã e... a habilidade de confrontar qualquer ameaça".

Nesta quarta-feira a Guarda Revolucionária lançou dois mísseis Qadr no norte do Irã, que atingiram alvos a cerca de 1.400 quilômetros de distância, relataram agências iranianas. O ponto do Irã mais perto de Israel fica a cerca de mil quilômetros de Tel Aviv e Jerusalém.

"A razão pela qual construímos nossos mísseis com um alcance de 2 mil quilômetros é para ter capacidade de atingir nosso inimigo, o regime sionista, de uma distância segura", disse o general Amir Ali Hajizadeh, de acordo com a agência Isna.

Autoridades israelenses não tinham resposta de imediato aos testes israelenses, que acontecem ao mesmo tempo que Israel recebe o vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, para conversas sobre questões regionais. Na semana passada, os aliados concluíram um exercício de defesa de mísseis em Israel.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos