Coreia do Norte lança mísseis e liquida ativos de Seul

  • Ahn Young-joon/AP

    Obuses do Exército americano sao posicionados durante exercício militar anual com a Coreia do Sul em Pocheon, próximo à fronteira com a Coreia do Norte

    Obuses do Exército americano sao posicionados durante exercício militar anual com a Coreia do Sul em Pocheon, próximo à fronteira com a Coreia do Norte

A Coreia do Norte lançou no mar dois mísseis balísticos de curto alcance nesta quinta-feira (10), desafiando uma resolução do Conselho de Segurança da ONU, num momento em que forças da Coreia do Sul e dos Estados Unidos realizam um grande exercício militar.

O país também anunciou nesta quinta que está desfazendo todos os acordos com a Coreia do Sul para projetos de intercâmbio comercial e vai "liquidar" os ativos sul-coreanos deixados para trás em território do Norte.

A Coreia do Norte tem um grande estoque de mísseis de curto alcance e também está desenvolvendo mísseis de longo alcance e intercontinentais. Os mísseis disparados nesta quinta-feira voaram cerca de 500 quilômetros a partir da cidade de Wonsan, na costa leste, e provavelmente eram da série soviética Scud, de acordo com o Ministério da Defesa de Seul.

O Japão, que está dentro da área de alcance de um variante dos mísseis Scud de maior alcance, apresentou um protesto junto à embaixada da Coreia do Norte em Pequim, segundo a agência de notícias japonesa Kyodo.

A Coreia do Norte normalmente lança mísseis de curto alcance quando as tensões estão elevadas na península coreana. O regime de Pyongyang fica especialmente insatisfeito com os exercícios militares anuais realizados por EUA e Coreia do Sul, que o Norte diz ser uma preparação para invadir o país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos