"O que há para não gostar?", diz Obama sobre boas relações com canadense Trudeau

  • KEVIN LAMARQUE

Por David Ljunggren

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, virou a página de anos de relações instáveis com o Canadá ao receber, na quinta-feira, o premiê canadense, Justin Trudeau, deixando claro que o novo líder é um homem que segue o próprio coração.

Trudeau, de 44 anos, de viés político de esquerda, assumiu em novembro e já usufrui de um relacionamento mais próximo com o presidente norte-americano do que seu antecessor, o conservador Stephen Harper, que passou mais de seis anos no cargo.

"Ele teve sua campanha com uma mensagem de esperança e de mudança. Sua visão positiva e otimista está inspirando os jovens", disse Obama após encontro com Trudeau, líder do Partido Liberal e filho do ex-premiê canadense Pierre Trudeau, na Casa Branca.

"Então, da minha perspectiva, o que há para não gostar?", acrescentou, também destacando o compromisso de Trudeau com o meio ambiente.

Manter boas relações com os Estados Unidos é fundamental para o Canadá, que manda 75 por cento de suas exportações para o país vizinho. Trudeau levou seis ministros de seu gabinete para mostrar a seriedade da visita.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos