Combatente norte-americano do Estado Islâmico é preso no Iraque, diz mídia

Em Washington

Um combatente norte-americano do Estado Islâmico foi colocado sob custódia no norte do Iraque depois de sair de um território na Síria controlado pelo grupo militante, segundo reportagens publicadas nesta segunda-feira (14).

A rede CBS News, citando duas fontes da milícia curda conhecida como peshmerga, afirmou que o aparente desertor tentava voltar para a Turquia. Ele foi identificado como Muhammad Jamal Amin, de 27 anos, do Estado da Virgínia, disse o canal de televisão, mencionando ainda organizações jornalísticas curdas.

O Pentágono disse não poder confirmar de imediato o incidente, e a embaixada dos EUA em Bagdá tampouco o confirmou, segundo a CBS.

A rede CNN, que também relatou o incidente, disse que o combatente foi capturado perto de Sinjar e entregue às autoridades curdas da região.

Inicialmente as forças peshmerga dispararam tiros de alerta quando viram o norte-americano por medo de que ele fosse um homem-bomba, mas ele se identificou como um ex-membro do Estado Islâmico que queria se entregar, de acordo com a CBS.

Amin, que tem pai palestino e mãe iraquiana, lutou com os militantes durante alguns meses, disse o canal, citando reportagens curdas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos