Apple diz que fundadores dos EUA ficariam chocados com pedido do governo sobre iPhone

SAN FRANCISCO (Reuters) - A Apple, em um último documento apresentado a um tribunal antes da audiência na próxima semana sobre a disputa com o governo norte-americano relativa a um iPhone criptografado, disse nesta terça-feira que os fundadores dos Estados Unidos "ficariam chocados" com o pedido do Departamento de Justiça do país.

A disputa entre a Apple e o governo veio à tona mês passado, quando o FBI obteve um mandado judicial solicitando que a Apple crie um novo software e adote outras medidas para desabilitar a proteção de senha e permitir o acesso ao telefone de um dos atiradores de San Bernardino, Rizwan Farook.

A Apple diz que as leis atuais não permitem a solicitação do governo. Além disso, o vice-presidente sênior de engenharia de software da Apple, Craig Federighi, disse que a empresa nunca forneceu a qualquer governo seu código-fonte, de acordo com um documento apresentado ao tribunal.

(Por Dan Levine)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos