BC do Japão mantém política monetária e piora visão econômica

TÓQUIO (Reuters) - O banco central do Japão deixou inalterada a política monetária nesta terça-feira, preferindo gastar mais tempo avaliando o impacto sobre a economia de sua decisão em janeiro de adotar taxa de juros negativa.

Como esperado, o Banco do Japão manteve sua promessa de elevar a base monetária a um ritmo anual de 80 trilhões de ienes (700 bilhões de dólares). Também manteve a taxa de juros de -0,1 por cento para que algumas instituições financeiras deixem seu dinheiro no banco central.

O banco central também decidiu isentar fundos de reserva de dinheiro da taxa de -0,1 por cento e em vez disso aplicar taxa zero a partir de abril.

"A economia do Japão continua a se recuperar de forma moderada como tendência, embora as exportações e a produção tenham sido fracas devido principalmente aos efeitos da desaceleração do crescimento nos mercados emergentes", disse o Banco do Japão em comunicado, dando uma visão ligeiramente mais fraca da economia do que em janeiro.

(Reportagem de Leika Kihara, Stanley White, Tetsushi Kajimoto e Minami Funakoshi)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos