Polícia belga caça homem armado em operação ligada a ataques em Paris

Por Robert-Jan Bartunek e Philip Blenkinsop e Clement Rossignol

BRUXELAS (Reuters) - A polícia belga fechou uma área de Bruxelas nesta terça-feira durante a caçada por um homem armado durante operação ligada à investigação dos ataques islâmicos em Paris em novembro.

A polícia pediu que moradores ficassem em suas casas e uma escola primária próxima ao local da troca de tiros foi fechada, disseram moradores. De acordo com a polícia, três policiais foram feridos durante a operação.

"Esta operação está conectada aos ataque de Paris", disse um porta-voz do procurador federal da Bélgica à Reuters.

A área próxima à operação, próxima à ferrovia que liga Paris a Amsterdã, e uma fábrica de carros da Audi foram fechadas, disseram jornalistas da Reuters que estavam no local.

As forças de segurança da Bélgica ainda buscam por suspeitos e associados aos militantes do Estado Islâmico sediados em Bruxelas envolvidos nos ataques em 13 de novembro em Paris, que mataram 130 pessoas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos