Bélgica identifica atirador como argelino e detém outros dois

BRUXELAS (Reuters) - O atirador morto na terça-feira em Bruxelas após operação ligada à investigação dos ataques em Paris era Mohamed Belkaid, argelino de 35 anos que morava ilegalmente na Bélgica, disseram promotores federais belgas nesta quarta-feira.

Os promotores públicos disseram que também prenderam dois homens, um deles internado em um hospital perto de Bruxelas com a perna quebrada, e ainda estavam analisando se eles possuem relações com a troca de tiros.

Um atirador de elite da polícia matou o argelino, que possuía um rifle de assalto, após quatro policiais serem feridos na terça-feira durante o que era para ser um uma busca rotineira em um apartamento no sul da capital belga.

(Reportagem de Philip Blenkinsop)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos