Cunha defende reunião imediata de diretório do PMDB para definir desembarque do governo

SÃO PAULO (Reuters) - O presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), defendeu nesta quinta-feira que seja realizada imediatamente uma reunião do diretório do PMDB para definir a saída do governo.

O PMDB informou que a reunião do diretório será realizada no dia 29 de março.

Cunha, que faz forte oposição ao governo, classificou a nomeação do deputado Mauro Lopes (PMDB-MG) para a pasta da Aviação Civil como um "desrespeito" ao partido. Em convenção no sábado, o PMDB proibiu seus filiados de assumirem novos postos no governo e deixou para daqui a 30 dias a votação das moções sobre a saída do partido do governo.

(Por Marcela Ayres)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos