Embora gelado, Plutão mostra topografia mais variada que o esperado

Por Irene Klotz

CABO CANAVERAL, EUA (Reuters) - A análise mais detalhada da superfície de Plutão já feita revelou uma variedade inesperada de montanhas, fluxos de geleiras, planícies lisas e outras paisagens, de acordo com estudos divulgados nesta quinta-feira.

O olhar inédito sobre chamado planeta-anão, que orbita o sol como outros planetas, mas é menor, foi possível graças a fotos de alta resolução da espaçonave New Horizons, da agência espacial dos Estados Unidos (Nasa, na sigla em inglês). A sonda espacial interplanetária fez a primeira visita da história a Plutão e suas cinco luas em julho do ano passado.

As imagens, análises químicas e outros dados mostram um mundo complexo e geologicamente ativo a cerca de 4,8 bilhões de quilômetros da Terra, com um oceano subterrâneo e vulcões que parecem expelir gelo, segundo cinco monografias publicadas na edição desta semana do periódico Science.

"É um lugar bem selvagem geologicamente falando", disse o cientista planetário William McKinnon, da Universidade Washington, de St. Louis, no Estado norte-americano do Missouri.

Outro cientista descreveu a diversidade das paisagens como "espantosa".

Como um terreno tão variado foi formado continua sendo um mistério do distante Plutão, cuja temperatura superficial média é de menos 229 graus Celsius.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos