Suíça devolverá ao Brasil mais US$70 mi em meio à investigação na Petrobras

ZURICH (Reuters) - As autoridades suíças planejam devolver mais 70 milhões de dólares em fundos congelados em meio a uma investigação do esquema de corrupção na Petrobras, afirmou o escritório do procurador-geral suíço, Michael Lauber, após encontro com o procurador-geral da República do Brasil, Rodrigo Janot.

Os procuradores federais suíços têm recebido relatos de cerca de 340 relações bancárias suspeitas em relação à investigação na Petrobras e, desde 2014, foram abertas cerca de 60 investigações sobre suspeitas de lavagem de dinheiro ou corrupção.

Cerca de 800 milhões de dólares em ativos na Suíça foram congelados até agora. Há um ano, 120 milhões de dólares desses recursos foram desbloqueados com o consentimento dos titulares de contas com o objetivo de devolver o dinheiro para as partes que registraram prejuízos, disse nesta quinta-feira o gabinete do procurador-geral.

(Por Joshua Franklin)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos