Mulher de pianista é indiciada por matar filhas no Texas

DALLAS (Reuters) - A mulher separada do famoso pianista ucraniano Vadym Kholodenko foi indiciada pela morte das duas filhas do casal na casa deles em Fort Worth, nos Estados Unidos, disse a polícia nesta segunda-feira.

A polícia afirmou que Sofya Tsygankova, de 31 anos, foi indiciada por dois assassinatos pelas mortes das filhas Nika, de cinco anos, e Michela, de um ano. Kholodenko, de 29 anos, as descobriu no quarto delas na quinta-feira, quando ele foi visitá-las na casa da mãe.

As acusações podem resultar em pena de morte no Texas.

“Nós temos causa provável, razão para acreditar, que ela cometeu os homicídios”, disse David Babcock, comandante da polícia local, à imprensa.

Tsygankova sofreu o que pareciam ser ferimentos a faca feitos por ela mesmo no incidente. Ela estava no hospital para tratar dos ferimentos e vai passar por avaliação mental, disse ele.

Ela será levada para a prisão depois da avaliação de sua saúde mental.

(Por Lisa Maria Garza)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos