"Dia triste para a Europa", diz, comovida, comissária da UE após ataques em Bruxelas

AMÃ (Reuters) - Os ataques que mataram 34 pessoas em Bruxelas e fizeram a capital belga parar nesta terça-feira levaram à Europa o mesmo sofrimento que o Oriente Médio vive diariamente, disse a chefe de política externa da União Europeia.

Em uma entrevista coletiva na Jordânia que interrompeu quando sentiu os olhos marejados, Federica Mogherini disse que a Europa e o Oriente Médio deveriam lidar juntos com a radicalização e a violência que levam tristeza às duas regiões.

"É um dia muito triste para a Europa à medida que a Europa e sua capital estão sofrendo o mesmo tipo de dor que esta região vem conhecendo todos os dias, que flagela a Síria, que flagela todos os lugares", disse ela em Amã, a capital jordaniana.

A Jordânia acolheu mais de 600 mil refugiados registrados pela Organização das Nações Unidas (ONU) oriundos do conflito de cinco anos na Síria, sua vizinho do norte, que já matou mais de 250 mil pessoas e deixou mais de 10 milhões de desabrigados.

"Está muito claro que as raízes da dor que estamos sofrendo ao redor de nossa região são praticamente as mesmas, e que estamos unidos não somente no sofrimento de nossas vítimas, mas também na reação a estes atos e na prevenção conjunta da radicalização e da violência", afirmou Federica.

Uma das explosões em Bruxelas nesta terça-feira atingiu a estação de metrô de Maelbeek, próxima de instituições da União Europeia.

"Vocês entenderão que hoje é um dia difícil", disse a representante diplomática da UE no final de sua declaração.

Quando o ministro jordaniano das Relações Exteriores, Nasser Joudeh, começou a falar, Federica pareceu lutar com as lágrimas e em seguida balançou a cabeça. "Me desculpem", disse, apoiando a cabeça brevemente nos ombros do ministro e se retirando da plataforma a seu lado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos