França registra caso suspeito de doença da vaca louca

PARIS (Reuters) - A França investiga um caso suspeito de encefalopatia espongiforme bovina (BSE, na sigla em inglês) na região nordeste de Ardennes, disse o Ministério da Agricultura nesta terça-feira.

Se confirmado, seria o primeiro caso de BSE, comumente conhecida como doença da vaca louca, na França desde 2004. Isto poderia atingir as exportações de carne bovina em um momento em que os produtores já estão em dificuldades.

Amostras da vaca de cinco anos de idade foram enviadas a um laboratório de referência na Grã-Bretanha e os resultados dos exames são esperados dentre 8 e 10 dias, disse uma autoridade do ministério.

Um novo caso da doença da vaca louca provavelmente alteraria o nível de risco oficial para BSE da França, definido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE, na sigla em inglês). A França recuperou o nível mais seguro, de "risco insignificante", ano passado, com o país demonstrando que o último animal nativo infectado havia nascido onze anos antes.

Vários países incluindo África do Sul, Arábia Saudita, Vietnã e Cingapura suspenderam embargos à carne bovina francesa após a decisão da OIE.

O setor de criação de animais da França está atualmente enfrentando uma crise severa, atraindo protestos de produtores e promovendo esquemas de ajuda nacionais e da União Europeia.

(Por Sybille de La Hamaide)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos