Bovespa fecha em alta de 0,5% após comentários de Yellen e saída do PMDB do governo

SÃO PAULO (Reuters) - A Bovespa fechou em alta pelo segundo pregão seguido nesta terça-feira, na esteira de Wall Street, após a chair do banco central norte-americano afirmar que o Federal Reserve deve seguir cauteloso com a alta de juros nos Estados Unidos. [nL2N1711IT]

O quadro político doméstico também seguiu sob os holofotes, com o principal índice da bolsa paulista renovando a máxima da sessão após o PMDB oficializar a saída do partido da base aliada do governo da presidente Dilma Rousseff. [nL2N1711K2]

De acordo com dados preliminares, o Ibovespa <.BVSP> subiu 0,52 por cento, a 51.104 pontos, com o declínio das commodities limitando os ganhos. Na máxima, avançou 1,8 por cento, a 51.764 pontos, renovando máxima intradia desde julho de 2015.

O volume financeiro na sessão somava 6,28 bilhões de reais.

(Por Paula Arend Laier)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos