Cidadão belga é acusado de terrorismo por planejar atentado frustrado

BRUXELAS (Reuters) - Um cidadão belga identificado apenas como Y.A. foi acusado neste sábado de participação nas atividades de um grupo terrorista em conexão com uma investigação conjunta franco-belga em uma aparente trama de ataque frustrado.

Promotores federais disseram em um comunicado que o cidadão de 33 anos compareceu na sexta-feira diante de um juiz, que o manteve em custódia. Ele foi detido na noite de quinta-feira.

Os promotores disseram que a acusação está relacionada com a investigação sobre Reda Kriket, um francês preso em um subúrbio de Paris em 24 de março, dois dias após os atentados de Bruxelas, e suspeito de planejar um ato iminente de "extrema violência".

Y.A. é a terceira pessoa a ser acusada na Bélgica em conexão com a trama. Os outros foram identificados como Rabah N. e Abderrahmane A.

Este último é conhecido por ser Abderrahmane Ameroud, que foi condenado em 2005 por um tribunal de Paris por ter desempenhado um papel no assassinato do comandante da resistência afegã Ahmad Shah Massoud.

(Por Philip Blenkinsop)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos