Parlamento da África do Sul debate impeachment do presidente na 3ª

JOHANNESBURG (Reuters) - O Parlamento da África do Sul vai debater na terça-feira um pedido de impeachment contra o presidente Jacob Zuma, afirmou a presidente da Assembleia Nacional do país, Baleka Mbete, neste domingo, depois que um tribunal superior acusou o presidente de violar a Constituição.

O Tribunal Constitucional da África do Sul decidiu na quinta-feira que Zuma feriu a Constituição ao ignorar as ordens de pagar de volta parte dos 16 milhões de dólares em recursos públicos gastos na reforma da sua residência em Nkandla.

Desde a decisão de quinta-feira, líderes de partidos da oposição e até mesmo um ativista anti-apartheid preso ao lado de Nelson Mandela pediram que Zuma renuncie.

Mmusi Maimane, líder do partido de oposição Aliança Democrática, apresentou o pedido de impeachment de Zuma, e Baleka disse aos repórteres que "o debate sobre esse assunto foi agendado para terça-feira à tarde".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos