Gucci irá unificar coleções masculinas e femininas a partir de 2017

MILÃO (Reuters) - A grife italiana de luxo Gucci anunciou nesta terça-feira que irá unificar suas coleções masculinas e femininas a partir do ano que vem na tentativa de simplificar o negócio da moda.

O primeiro desfile combinando moda masculina e feminina acontecerá na nova sede da Gucci em Milão, informou o presidente e diretor-executivo, Marco Bizzarri, em comunicado da empresa.

O comunicado não especifica quando o desfile irá ocorrer, mas uma fonte próxima da Gucci disse à Reuters que deverá ser durante a Semana de Moda feminina, a que mais atrai atenção da mídia e da clientela.

A decisão veio à tona em meio a um debate crescente na indústria da moda a respeito da necessidade de se combinar coleções, condensar datas para desfiles e colocar itens à venda logo após as apresentações nas passarelas.

A grife sediada em Florença, que é parte do grupo de artigos de luxo Kering, segue os passos do grupo britânico Burberry, que em novembro afirmou que irá juntar suas coleções em uma única marca.

O diretor de criação da Gucci, Alessandro Michele, que foi promovido ao cargo em janeiro do ano passado, disse ser um passo "natural", mas "não necessariamente um caminho fácil, e certamente irá apresentar alguns desafios".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos