Parlamento sul-africano rejeita impeachment de presidente Zuma

CIDADE DO CABO (Reuters) - O presidente da África do Sul, Jacob Zuma, teve pedido de impeachment rejeitado em votação no Parlamento nesta terça-feira, iniciada após o tribunal constitucional entender que ele ignorou uma ordem de pagamento de fundos estaduais que foram gastos em sua casa privada.

Zuma recebeu apoio do Congresso Nacional Africano (CNA), partido que controla quase dois terços da assembleia. O presidente ganhou apoio de 233 legisladores que votaram contra o pedido de impeachment, enquanto 143 votaram a favor. Zuma não participou do processo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos