PP cancela reunião para definir se permanece ou deixa o governo Dilma

(Reuters) - Uma reunião do PP marcada para esta quarta-feira para decidir se o partido fica ou sai do governo da presidente Dilma Rousseff foi cancelada, disse a assessoria de imprensa do deputado Jerônimo Goergen (PP-RS), que é favorável ao rompimento, em meio a disputas internas na legenda entre grupos contra e a favor do desembarque.

O PP se tornou, após o desembarque do PMDB do governo Dilma na semana passada, peça-chave entre os partidos da base governista na tentativa de Dilma para sobreviver ao impeachment, por conta de seus 49 deputados e seis senadores.

O presidente nacional do PP, senador Ciro Nogueira (PP-PI), havia marcado para esta quarta uma reunião das bancadas do partido na Câmara e Senado para decidir se a legenda permanece ou desembarca do governo, antecipando uma reunião prevista inicialmente para ocorrer em 11 ou 12 de abril.

Após a saída do PMDB da base aliada, especulou-se que o PP, que já comanda o Ministério da Integração Nacional, ganharia mais espaço na Esplanada dos Ministérios em um movimento de "repactuação" da coalizão.

Dilma disse, contudo, na terça-feira que o governo não está preparando nenhuma reestruturação ministerial antes da votação do pedido de impeachment pela Câmara dos Deputados.

(Por Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos