Jucá pede expulsão de ministros Pansera e Kátia Abreu do PMDB

(Reuters) - O presidente em exercício do PMDB, senador Romero Jucá (PR), pediu nesta quinta-feira à comissão de ética do partido a expulsão do ministro da Ciência e Tecnologia, Celso Pansera, e da ministra da Agricultura, Kátia Abreu, tendo como base "desobediência às decisões do diretório e da convenção nacional do partido".

Jucá, que assumiu a presidência do PMDB na terça-feira após pedido de licença do vice-presidente da República, Michel Temer, do cargo partidário, solicitou à comissão de ética "a maior rapidez possível" no processamento do caso, de acordo com comunicado do PMDB.

O pedido de expulsão foi apresentado uma vez que os ministros se recusaram a deixar os postos após o partido anunciar na semana passada o rompimento com o governo da presidente Dilma Rousseff e a devolução de todos os cargos na administração federal.

Além de Pansera e Kátia Abreu, o PMDB tem outros quatro ministros que também se recusaram a entregar as pastas. No total o partido ocupa atualmente os ministérios da Agricultura, Ciência e Tecnologia, Portos (Hélder Barbalho), Saúde (Marcelo Castro), Minas e Energia (Eduardo Braga) e Aviação Civil (Mauro Lopes).

(Por Caio Saad, no Rio de Janeiro)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos