Promotores belgas confirmam prisão de suspeito de ataques em Paris Abrini

BRUXELAS (Reuters) - Promotores federais belgas confirmaram nesta sexta-feira que prenderam o suspeito dos ataques a Paris Mohamed Abrini juntamente com outras quatro pessoas, incluindo um homem que eles acreditam que pode ter ajudado no ataque em Bruxelas.

Abrini, um belga de 31 anos, estava na lista dos mais procurados da Europa desde que foi visto em um vídeo de uma estação rodoviária dirigindo com outro suspeito dos ataques em Paris, Salah Abdeslam, da Bélgica para Paris. O carro que dirigia foi utilizado dois dias depois nos ataques de 13 de novembro, em que o irmão mais velho de Abdeslam era um homem-bomba.

Os promotores disseram que estavam analisando se Abrini também era a pessoa apelidada de "homem do chapéu", visto no aeroporto de Bruxelas com dois supostos homens-bomba em 22 de março, o dia dos ataques.

As prisões significam um sucesso das forças de segurança belgas, muito criticadas no país e no exterior, já que militantes sediados em Bruxelas organizaram os ataques que mataram 130 pessoas na capital francesa no dia 13 de novembro de 2015.

As prisões ocorreram um dia depois de a polícia divulgar novas imagens e detalhar o "homem do chapéu", e também após a prisão, em Bruxelas, de um possível e importantíssimo sobrevivente dos atentados parisienses, Salah Abdeslam, no dia 18 de março. Ele foi visto com Abrini em um carro indo em direção a Paris dois dias antes dos ataques.

Quatro dias depois de Abdeslam ser preso, os irmãos Brahim e Khalid El Bakraoui e um terceiro homem local, Najim Laachraoui, explodiram bombas que mataram 32 pessoas no aeroporto de Bruxelas e em uma estação de metrô próxima de instituições da União Europeia.

As emissoras públicas belgas VRT e a RTBF disseram que Abrini provavelmente é o homem disfarçado com chapéu de aba mole e óculos grossos que foi flagrado com Brahim Bakraoui e Laachraoui momentos antes de os dois se detonarem no aeroporto.

(Por Alastair Macdonald e Robert-Jan Bartunek)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos