Coreia do Norte afirma que líder Kim supervisiona teste de novo mecanismo para mísseis

Por Jack Kim

SEUL (Reuters) - O líder norte-coreano Kim Jong Un supervisionou um teste bem sucedido de um novo mecanismo para mísseis balísticos intercontinentais, disse a imprensa estatal neste sábado, no mais recente relatório de avanços no programa de armas que levou a sanções da Organização das Nações Unidas.

A Coreia do Sul e os Estados Unidos estão céticos sobre os comunicados da Coreia do Norte sobre o progresso rápido dos seus programas nuclear e de mísseis às vésperas do congresso do governo, em maio, em que analistas esperam que o país se declare um Estado nuclear.

As tensões seguem altas na península da Coreia depois do teste nuclear do Norte e do lançamento de um míssil de longa distância neste ano, e as tropas sul-coreanas e norte-americanas conduziram exercícios militares conjuntos em maio à retórica severa de ambas as Coreias.

O mecanismo foi iniciado sob o comando de Kim e liberou uma explosão, e o teste mostrou que o foguete cumpriu todas as condições exigidas, informou a agência de notícias oficial da Coreia do Norte, KCNA.

"O querido companheiro Kim Jong Un disse que agora podemos montar uma ogiva nuclear ainda mais poderosa em um foguete balístico intercontinental e colocar ao nosso alcance o covil do demônio nos Estados Unidos e em todo o mundo", disse a agência. 

O teste foi conduzido na estação de mísseis do Norte perto da costa oeste, onde, em fevereiro, o país lançou um foguete de longa distância que colocou um objeto na órbita espacial, disse a KCNA.

As autoridades de defesa da Coreia do Sul não comentaram imediatamente sobre a autenticidade da informação deste sábado. 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos