Apoio ao impeachment de Dilma cai para 61%, aponta Datafolha

SÃO PAULO (Reuters) - O número de brasileiros a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff diminuiu para 61 por cento, 7 pontos percentuais a menos do que em março, mostrou neste domingo pesquisa do Datafolha divulgada no jornal Folha de S.Paulo.

O apoio à renúncia de Dilma também diminuiu e agora é de 60 por cento, 5 pontos percentuais a menos.

A pesquisa também mostrou que 58 por cento da população é favorável ao impeachment do vice-presidente, Michel Temer (PMDB), enquanto 60 por cento acham que ele deveria renunciar.

Essa foi a primeira vez que o Datafolha perguntou a respeito do apoio à renúncia e ao impeachment do vice-presidente.

No caso de ambos os cargos de presidente e vice-presidente ficarem vagos, a pesquisa mostrou que 79 por cento dos entrevistados são a favor da realização de uma nova eleição

O Datafolha realizou 2.779 entrevistas em 170 municípios nos dias 7 e 8 de abril. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos