Incêndio em templo na Índia deixa 100 mortos e mais de 380 feridos

PARAVOOR, Índia (Reuters) - Um incêndio atingiu neste domingo um templo no Estado de Kerala, no sul da Índia, matando 100 pessoas e ferindo mais de 380 em uma reunião para um show de fogos de artifícios para celebrar o início do ano novo hindu.

Milhares de devotos se reuniam no templo Puttingal Devi no distrito costeiro de Kollam. O show de fogos começou à meia-noite e continuou por horas.

O incêndio começou quando um dos foguetes caiu em um dos galpões onde os fogos de artifícios estavam guardados, disse um dos moradores perto do local do templo, a cerca de 70 quilômetros da capital do Estado, Thiruvananthapuram.

"Havia partes de corpos no chão, e no teto havia um braço", disse a moradora Anita Prakash. "No passado, havia fogos de artifício, mas não nesta escala."

O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, voou para Kollam com uma equipe de médicos para lidar com o grande número de feridos, agindo rapidamente para evitar as críticas sobre falta de segurança pública.

"Meus pensamentos estão com as famílias dos mortos e minhas orações com os feridos", disse ele no Twitter.

O ministro do Interior de Kerala, Ramesh Chennithala, disse à Reuters que 60 dos 100 mortos foram identificados, enquanto o número de pessoas que deram entrada em hospitais em Kollam e na capital do Estado subiu para 383.

(Reportagem de Sivaram V)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos