Quase 100 morrem em incêndio em templo na Índia

THIRUVANANTHAPURAM, Índia (Reuters) - Um incêndio atingiu neste domingo um templo no Estado de Kerala, no sul da Índia, matando quase 100 pessoas e ferindo mais de 200 que se reuniram para um show de fogos de artifícios para celebrar o início do ano novo hindu.

Milhares de devotos se reuniam no templo Puttingal Devi no distrito costeiro de Kollam. O show de fogos começou à meia-noite e continuou por horas.

O incêndio começou quando um dos foguetes caiu em um dos galpões onde os fogos de artifícios estavam guardados, disse um dos moradores perto do local do templo, a cerca de 70 quilômetros da capital do Estado, Thiruvananthapuram.

O primeiro-ministro, Narendra Modi, voou para Kollam com uma equipe de médicos para lidar com o grande número de feridos, agindo rapidamente para evitar as críticas sobre falta de segurança pública.

"Meus pensamentos estão com as famílias dos mortos e minhas orações com os feridos", disse ele no Twitter.

O ministro-chefe de Kerala, Oommen Chandy, disse que 97 pessoas morreram no incêndio, muitas delas presas pelas chamas dentro do templo. Ele informou ainda que 245 ficaram feridas.

(Reportagem de Jose Devasia)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos