Bovespa fecha em queda pressionada por NY e exportadoras, com cena política no radar

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da Bovespa fechou em leve queda nesta segunda-feira, após forte alta na sexta-feira, conforme os negócios seguem voláteis acompanhando o cenário político, particularmente o desfecho do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Apostas crescentes na saída de Dilma e a alta de commodities levaram o Ibovespa acima dos 51 mil pontos pela manhã, mas o enfraquecimento das bolsas norte-americanas e a queda de ações de empresas exportadoras na esteira do recuo de quase 3 por cento do dólar ante o real minaram os ganhos.

De acordo com dados preliminares, o Ibovespa caiu 0,27 por cento, a 50.155 pontos. Na máxima, o índice de referência do mercado acionário brasileiro ganhou 1,58 por cento. O volume financeiro do pregão totalizava 6,3 bilhões de reais.

(Por Paula Arend Laier)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos