Economia chinesa mostra sinais positivos mas pressão permanece, diz premiê

PEQUIM (Reuters) - A economia chinesa tem mostrado mais sinais positivos mas pressões negativas ainda persistem, disse o primeiro-ministro, Li Keqiang, nesta segunda-feira, prometendo adotar medidas para lidar com o excesso de capacidade.

O governo vai continuar com as "reformas do lado da oferta" enquanto mantém o crescimento econômico em uma faixa razoável, disse Li durante encontro com autoridades provinciais e municipais segundo a televisão estatal.

"Há mais fatores positivos nas operações econômicas, mas a pressão negativa permanece relativamente grande", disse Li.

"Não podemos ignorar os riscos em alguns setores".

O governo vai garantir o lançamento de projetos de investimento de maneira oportuna para ajudar a sustentar o crescimento, disse Li.

A China vai acelerar as reformas para eliminar a capacidade ultrapassada dos setores de carvão e aço, e usar trocas "baseadas no mercado" de dívida por ações para ajudar a reduzir os níveis de endividamento das empresas.

(Reportagem por Kevin Yao)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos