Governo trabalha para ter entre 208 e 212 votos contra impeachment no plenário da Câmara, diz Wagner

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro Jaques Wagner, chefe do gabinete pessoal da presidente Dilma Rousseff, disse nesta segunda-feira que o governo trabalha para ter entre 208 e 212 votos contrários ao impeachment da presidente no plenário da Câmara dos Deputados no domingo, quando deve ser votado o pedido de abertura de processo de impedimento contra a petista.

Em sua conta no Twitter, Wagner disse que os partidários do impeachmente podem "até comemorar a vitória" na comissão especial que analisa o impeachment e que vota relatório favorável a abertura de processo de impedimento nesta segunda, mas que a batalha final se dará no plenário da Casa.

São necessários os votos de 342 dos 513 deputados para o impeachment ser aprovado na Câmara.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos