Governo turco se reúne no turbulento sudeste do país; combates continuam

SANLIURFA, Turquia (Reuters) - Os combates eram intensos nesta segunda-feira entre as forças de segurança turcas e militantes curdos no sudeste da Turquia, ao mesmo tempo que o governo se reunia na turbulenta região para discutir formas de reconstruir a abalada economia local.

Um carro-bomba atingiu uma base militar na província de Diyarbakir, matando um soldado e ferindo outros 20, apenas horas depois de uma reunião de gabinete ter sido interrompida na vizinha Sanliurfa, disseram forças de segurança.

O Exército turco afirmou que 39 integrantes do banido Partido dos Trabalhadores do Curdistão, o PKK, haviam sido mortos em combates em quatro cidades da região no fim de semana, aumentando o número de vítimas que já tem subido bastante desde o fim do cessar-fogo em julho.

O primeiro-ministro Ahmet Davutoglu presidiu a reunião de gabinete na cidade de Sanliurfa, a primeira realizada fora da capital Ancara desde 2003. Apesar de localizada no sudeste da Turquia, a cidade tem sido até agora pouco afetada pela violência na região.

(Reportagem de Seyhmus Cakan e Ayla Jean Yackley)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos