CSN assina termo de ajustamento com Inea para resolver pendências de usina em Volta Redonda

SÃO PAULO (Reuters) - A Companhia Siderúrgica Nacional informou nesta quarta-feira que assinou com o Instituto Estadual do Meio Ambiente do Estado do Rio de Janeiro (Inea) termo de ajustamento de conduta para resolver todas as pendências ambientais de sua usina em Volta Redonda (RJ).

Com o acordo, a CSN se comprometeu a investir 178 milhões de reais em melhorias de processos produtivos até setembro de 2017 e pagará 22 milhões de reais ao Inea que serão usados em programas ambientais na cidade fluminense.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos