Papa discutiu economia moral com Bernie Sanders antes de viajar à Grécia

CIDADE DO VATICANO (Reuters) - O papa Francisco encontrou-se com o candidato à Presidência dos Estados Unidos Bernie Sanders no Vaticano na manhã deste sábado e os dois discutiram a necessidade de moralidade na economia global antes de o pontífice partir para visitar a ilha grega de Lesbos.

O professor da Universidade de Columbia Jeffrey Sachs disse à Reuters que a reunião aconteceu na casa de hóspedes do Vaticano onde mora o papa e onde Sanders passou a noite após participar de conferência no Vaticano sobre justiça social.

O Vaticano havia afirmado que uma reunião entre os dois não estava nos planos e Sanders disse que não esperava encontrar o papa durante a viagem.

"Ele é um belo homem", disse Sanders em entrevista à ABC News após a reunião. "Não sou católico, mas há uma luz que emana dele".

Sachs disse que Sanders, que foi acompanhado de sua esposa, falou com o papa por cerca de cinco minutos. Sachs, sua esposa e o bispo Marcelo Sanchez Sorondo, chefe da Acadêmica Pontífice de Ciências Sociais, também estavam no recinto.

"Eu apenas expressei a ele minha admiração pelo trabalho extraordinário que ele está fazendo levantando algumas das questões mais importantes que enfrenta nosso planeta e as bilhões de pessoas no planeta e injetando a necessidade de moralidade na economia global", disse Sanders à ABC.

(Reportagem de Philip Pullella)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos