Parlamento do Iraque cancela sessão após parlamentares questionarem presidente

BAGDÁ (Reuters) - O parlamento iraquiano cancelou uma sessão sobre reformas anticorrupção neste sábado, disse a televisão estatal, após alguns parlamentares questionarem a legitimidade do presidente da casa para liderar a reunião em uma escalada da crise política que vem aleijando as instituições estatais.

A sessão é o terceiro cancelamento nesta semana conforme políticos discutem sobre um plano para reformular o gabinete do primeiro-ministro Haider al-Abadi de forma a incluir tecnocratas, como parte de esforços para combater a corrupção.

A sessão foi cancelada porque "o parlamento não podia ser protegido" por forças de segurança, segundo um comunicado do gabinete do presidente da casa, Salim al-Jabouri.

O comunicado aparentemente referia-se aos parlamentares que disseram que Jabouri não tem direito de liderar a sessão e que se reuniram na quinta-feira sem sua presença, votando para retirá-lo do cargo. Eles dizem que tem uma maioria na assembleia, mas Jabouri disputa essa afirmação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos