Polícia britânica solta um de cinco suspeitos de ligação com ataques de Paris e Bruxelas

LONDRES (Reuters) - A polícia britânica soltou sob pagamento de fiança uma das cinco pessoas presas na semana passada sob suspeita de preparar atos de terrorismo, informou neste domingo a polícia de West Midlands, na região central da Inglaterra.

A polícia britânica prendeu cinco pessoas na semana passada como parte de uma investigação na qual uma fonte da área de segurança afirmou estarem ligadas aos ataques de Paris e Bruxelas. Quatro delas foram presas em Birmingham e outra no aeroporto de Gatwick, em Londres.

Segundo a polícia de West Midlands os quatro suspeitos detidos, três homens e uma mulher, ainda estariam em interrogatório, enquanto um homem de 59 anos teria sido solto sob fiança em “condições estritas”.

"As prisões foram planejadas e lideradas pela inteligência. Não houve riscos ao público em nenhum momento e não há informações sugerindo que um ataque no Reino Unido estivesse em planejamento", disse o chefe adjunto Constable Marcus Beale, que lidera a contenção terrorista em West Midlands.

Segundo a mídia britânica, o belga Mohamed Abrini, suspeito de envolvimento nos ataques do Estado Islâmico em Bruxelas, teria viajado para Birmingham no ano passado e fotografado um estádio de futebol.

Abrini que, de acordo com os investigadores, teria confessado depositar uma bomba no aeroporto de Bruxelas, também é procurado por ligação com os ataques de Paris.

Abdelhamid Abaaoud, suspeito de ter planejado os ataques de Paris morto pela polícia francesa no ano passado, também teria visitado Birmingham e fotografado lugares da cidade em seu smartphone, de acordo com a mídia local.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos