Presidente do PT conclama militância a manter mobilização contra impeachment

São Paulo (Reuters) - O presidente do PT, Rui Falcão, considerou a aprovação na Câmara dos Deputados do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff uma violência à "soberania das urnas" e convocou a militância a manter a mobilização.

"As forças mais reacionárias do país venceram a primeira batalha para a deposição da presidenta Dilma Rousseff, ao aprovarem — sob o comando do réu Eduardo Cunha e as promessas do vice conspirador — a admissibilidade do processo de impedimento na Câmara dos Deputados", disse Falcão, em comunicado, divulgado no site do partido neste domingo.

"O PT conclama homens e mulheres comprometidos com a democracia a se manterem mobilizados contra o impeachment."

(Por Natália Scalzaretto)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos