CEO da Blackberry diz que empresas de tecnologia devem acatar pedidos das autoridades

TORONTO (Reuters) - Empresas de tecnologia devem atender solicitações de agentes da lei para acessar dados protegidos, disse nesta segunda-feira o presidente executivo da BlackBerry, John Chen, numa leve crítica à rival Apple pela recente disputa com o FBI.

Chen fez o comentário em mensagem num blog após reportagens feita pela Vice e Motherboard na semana passada destacarem um caso de 2014 em que autoridades canadenses interceptaram mensagens de alguns aparelhos BlackBerry para investigar uma rede de crime organizado.

Os aparelhos eram telefones não protegidos pelo servidor BES da BlackBerry, que ajuda a garantir a segurança de qualquer aparelho operando dentro de redes corporativas.

"Nós temos sido claros há muito tempo em nossa posição de que as empresas de tecnologia, assim como empresas politicamente corretas, devem cumprir com solicitações de acesso razoáveis das autoridades", disse Chen no post.

"Estamos numa situação sombria quando empresas colocam suas reputações acima do bem comum", disse Chen, que é conhecido por não fugir de disputas públicas com rivais.

(Por Euan Rocha)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos