Presidente da Itália diz que centenas podem ter morrido em naufrágio de imigrantes

ROMA (Reuters) - Centenas de pessoas aparentemente morreram em uma nova tragédia com imigrantes no mar Mediterrâneo, disse o presidente da Itália, Sergio Mattarella, nesta segunda-feira.

Segundo reportagens da mídia italiana não confirmadas, até 400 imigrantes teriam morrido em naufrágios perto da costa do Egito, durante tentativa de travessia para a Europa.

Mattarella disse, durante uma cerimônia de premiação em Roma, que a Europa precisa refletir sobre "mais uma tragédia no Mediterrâneo na qual, aparentemente, centenas de pessoas morreram". Ele não deu detalhes.

A guarda costeira italiana disse mais cedo nesta segunda que não tinha conhecimento do suposto desastre.

(Reportagem de Gavin Jones)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos