Autoridades dos EUA e Irã discutem alívio em sanções norte-americanas na 6ª-feira

WASHINGTON (Reuters) - O alívio nas sanções dos Estados Unidos estará na agenda quando os ministros de Relações Exteriores norte-americano e iraniano se encontrarem na sexta-feira, em meio a queixas de Teerã sobre a demora nesse sentido após o acordo nuclear com o Irã no ano passado, informou o Departamento de Estado dos EUA.

Sob o acordo nuclear de 14 de julho, formalmente chamado de Plano Global de Ação Conjunta (JCPOA, na sigla em inglês), o Irã concordou em restringir seu programa nuclear em troca de alívio de sanções econômicas que tinha afetado negativamente sua economia dependente do petróleo.

O secretário de Estado dos EUA, John Kerry, e o ministro das Relações Exteriores do Irã, Mohammad Javad Zarif, planejam reunir-se em Nova York na sexta-feira, na segunda reunião esta semana.

"Eu realmente espero que eles continuem a falar sobre o processo de alívio de sanções e do grau em que os bancos, nacionais e estrangeiros, bem como as instituições, nacionais e estrangeiras, estão avaliando suas opções sob o JCPOA", disse o porta-voz do Departamento de Estado John Kirby a jornalistas em sua coletiva diária.

Kirby disse que representantes do Departamento do Tesouro dos EUA, que supervisiona muitas, mas não todas as sanções dos EUA contra o Irã, não participariam da reunião, e ele minimizou as expectativas de que as negociações vão produzir propostas concretas.

(Reportagem de Arshad Mohammed)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos